DestaquesPolítica

Polícia Federal faz buscas contra Sérgio Reis e deputado bolsonarista

0

Na manhã desta sexta (20), a Polícia Federal (PF) cumpre mandados de busca e apreensão contra o cantor sertanejo Sérgio Reis e o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ). Determinada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a ação investiga incitação a atos violentos e ameaçadores contra a democracia.

Segundo o G1, foram 13 mandados autorizados pelo ministro Alexandre de Moraes e atendem a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). A PF atua em 29 endereços no Rio e em Brasília ligados ao cantor e ao parlamentar.

“O objetivo das medidas é apurar o eventual cometimento do crime de incitar a população, através das redes sociais, a praticar atos violentos e ameaçadores contra a Democracia, o Estado de Direito e suas Instituições, bem como contra os membros dos Poderes”, disse a PF, em nota.

Sérgio Reis gravou um vídeo convocando caminhoneiros e a população para atos contra o STF no dia 7 de setembro, feriado da Independência. Otoni foi denunciado pela PGR ao STF em julho de 2020 pelos supostos crimes de difamação, injúria e coação em vídeos com ataques e ofensas a Alexandre de Moraes. No mês seguinte, a Justiça de São Paulo determinou a exclusão das postagens.

O G1 tenta contato com o cantor e com o parlamentar. Nas redes sociais, o deputado afirmou que “não há nada melhor que não dever nada a ninguém” e chamou Moraes de “tirano”. A esposa do cantor já havia dito que ele passou mal depois das repercussões do vídeo que gravou.

Compartilhe no WhatsApp

Decisão do TJ-BA garante funcionamento de 58 cartórios no interior

Previous article

Centrais vão ao Senado para derrubar Reforma Trabalhista

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.