DestaquesGeral

Todo mundo sabia: OAS devolverá parcelas do Triplex, pois Marisa desistiu da compra

0
Santo André- SP- Brasil- 15/08/2016- Ex-presidente Lula e sua esposa Marisa Letícia durante encontro das mulheres e militantes que marca os 10 anos da lei Maria da Penha, na Casa Portugal. Foto: Heinrich Aikawa/ Instituto Lula

Em mais uma decisão que confirma a inocência de Lula no caso do Triplex, a Justiça determinou que a OAS e a Bancoop restituam as parcelas pagas por Marisa Letícia, na compra do apartamento no Guarujá (SP). Isso porque constatou-se que ela desistiu da compra do imóvel, argumento de Deltan Dallagnol e aceito pelo então Juiz Sérgio Moro para condenar e prender Lula.

Segundo o site Consultor Jurídico (Conjur), sem constatar quaisquer falhas processuais, a 8ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão anterior. O colegiado já havia considerado que a ex-primeira-dama desistiu da compra após o atraso na entrega do tríplex e a falência da cooperativa que lhe vendera uma cota-parte do imóvel. De acordo com o TJ-SP, Marisa, que morreu em 2017, e seus familiares sequer usufruíram do apartamento.

Lula era acusado pela Lava Jato de receber o imóvel como propina da OAS por contratos obtidos na Petrobras. As condenações foram anuladas após o Supremo Tribunal Federal declarar a incompetência da 13ª Vara Federal de Curitiba para julgar Lula.

Essa decisão do TJ-SP só confirma a tese do ex-presidente de que foi condenado e preso sem provas. E que provaria sua inocência.

Compartilhe no WhatsApp

Vereadores de Itabuna pedem vacina para profissionais da imprensa

Previous article

Péssimo diagnóstico Itabuna e Ilhéus com UTIs para Covid quase lotadas

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.