DestaquesGeral

Projeto aprovado na Assembleia Legislativa amplia educação integral na Bahia

0

A educação integral na Bahia será ampliada com a aprovação do projeto de lei, pela Assembleia Legislativa da Bahia (AlBA), que prevê a implantação do programa Anísio Teixeira. Agora, o texto aguarda sanção do governador Rui Costa.

Com isso, será garantida a ampliação da oferta do ensino na modalidade integral e estabelece, entre outras garantias, a criação da Rede Colaborativa de Aprendizagens, como espaço de disseminação, compartilhamento e troca de experiências, visando a melhoria dos indicadores de qualidade das unidades com tempo estendido.

Dados da Secretaria de Educação (SEC) mostram que a Bahia conta com 208 unidades escolares em tempo integral na rede de ensino. Destas, 35 estão localizadas na capital baiana e 173 no interior do estado. A educação integral
alcança 37.322 estudantes em escolas estaduais de 149 municípios.

“A lei garante aos estudantes uma série de oportunidades e possibilidades no seu processo de aprendizagem. As unidades de educação integral na Bahia estão em torno de 18% e 19% e a ideia é que possa ser ampliada nos próximos anos. A nossa meta é atender mais de 25% da rede com esse modelo de oferta, garantindo à juventude uma série de oportunidades que envolvem esporte, educação científica, artes e cultura”, disse o coordenador executivo de programas e projetos estratégicos da SEC, Marcius Gomes.

De acordo com o gestor, “pesquisas internacionais apontam que estudantes que convivem no ambiente escolar por maior tempo também têm os melhores indicadores educacionais.”

Com informações da SEC

Compartilhe no WhatsApp

Indígenas baianos estão em Brasília contra medida que muda demarcações

Previous article

Pode entrar que a casa é sua, mulher; é a nova sede do CRAM em Itabuna

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.