DestaquesPolítica

Pastor Silas Malafaia prega intervenção das Forças Armadas no STF

0

Apoiador de primeira linha de Jair Bolsonaro, o pastor Silas Malafaia usou as redes sociais para engrossar os ataques do presidente ao STF. O religioso fez várias criticas ao ministro Alexandre de Moraes e o chamou de “ditador e tirano”.

Malafaia pediu a intervenção militar no Supremo. “Forças Armadas contra esse ditador da toga! Artigo 142 da CF [Constituição Federal] contra esse absurdo”, pregou o religioso. Os apoiadores de Bolsonaro interpretam o artigo como uma permissão aos militares para agirem como espécie de “poder moderador” no país.

O entendimento do ministro Luiz Fux, expresso em julgamento realizado na semana passada excluiu a possibilidade desse papel. O pastor também fez um vídeo, no qual afirma que “o STF está dando um golpe no Brasil”.

RESUMO DA ÓPERA – Estranho ou por má fé, pessoas usarem o argumento de defesa da democracia para pedir intervenção militar em qualquer circunstância. Sempre colocam os outros como ditadores, por se contraporem ao pensamento e as atitudes ameaçadoras do presidente Jair Bolsonaro. E interpretam equivocadamente o artigo 142. Em 2020, a Secretaria-Geral da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados emitiu parecer esclarecendo que ele não autoriza intervenção militar a pretexto de “restaurar a ordem”. Não é função das Forças Armadas mediar conflitos entre os Poderes ou dar a última palavra sobre o significado do texto constitucional.

Com informações do Metrópoles e da Agência Câmara de Notícias

Compartilhe no WhatsApp

Reajuste e incentivos para agentes comunitários e de combate às endemias de Ilhéus

Previous article

Baianos de ouro, Isaquias na canoagem e Hebert no boxe brilham em Tóquio

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.