A RegiãoDestaques

Para fazer bem a “lição de casa”, Uesc realiza sua autoavaliação

0

Fazer bem a “lição de casa” é essencial para uma instituição de ensino. Por isso, a comunidade acadêmica da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) inicia, a partir de 1º de julho (até 1º de agosto), o seu processo de autoavaliação institucional. “Trata-se de um importante instrumento de gestão, capaz de fornecer subsídios para o planejamento e desenvolvimento da Universidade”, destaca o professor Gustavo Lisboa, assessor de Planejamento (Asplan) e presidente da Comissão Própria de Avaliação (CPA).

“Todos devem colaborar, professores, técnicos e alunos deverão responder a um breve questionário, que será disponibilizado na página da Asplan no site da Instituição AQUI. Cada categoria possui um formulário próprio de avaliação, que deverá ser selecionado pelo participante. Além disso, serão enviados e-mails com links para as respostas daqueles que estão cadastrados na Uesc”, explica Lisboa.

Segundo o reitor da Uesc, Alessandro Fernandes de Santana, o processo de autoavaliação institucional é uma oportunidade ímpar que a comunidade acadêmica tem de fazer uma reflexão diagnóstica e coletiva sobre as condições da Instituição. “É o momento de pensarmos juntos se estamos cumprindo nossos objetivos enquanto instituição que promove ensino, pesquisa e extensão pública e de qualidade. É a partir do resultado da autoavaliação que a Universidade se organiza para atender às demandas da comunidade, promovendo melhorias e implantando novos mecanismos de participação ativa da comunidade acadêmica”, destaca.

O processo da autoavaliação foi alterado, promovendo a inclusão de todos os atores educacionais simultaneamente, ampliando o escopo da pesquisa para os cursos de graduação de Educação a Distância da Uesc (EaD) e discentes de pós-graduação; além dos docentes e discentes da graduação presencial; egressos dos cursos de graduação presencial; técnicos administrativos (efetivos e comissionados); e gestores.

com informações da Uesc

Compartilhe no WhatsApp

Com menos R$ 1 bilhão, MEC perde verba para reformar escolas e o Enem

Previous article

Comerciários questionam cidade vazia e redução da segurança neste sábado

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.