DestaquesPolítica

“Não sou menino amarelo”, diz Nilo ao condenar centralização no PT, PP e PSD

0

Houve um tempo que o ex-poderoso presidente da Assembleia Legislativa, deputado federal Marcelo Nilo (PSB) falava firme que queria governar a Bahia e sentar na cadeira do governador. Jogava papel nas discussões políticas para a construção das alianças partidárias.

Sumido nos debates sobre 2022, Nilo reapareceu buscando espaço no jogo político. Em entrevista ao programa Isso é Bahia, da A Tarde FM, nesta segunda (19), disse que não concorda com a centralização das discussões nos PT, PP e PSD.

Para deputado, não é justa. “Não concordo com esse negócio de PT – PP – PSD, mas conheço política e sei que está decidido. A chapa vai ser Wagner e Otto. Se o PP aceitar indicar a vice, um deputado, um prefeito do PP. Está resolvida chapa de Jaques Wagner”, sugeriu Nilo

O parlamentar pensa em tratar do apoio do PSB em conversa com a presidente da legenda no estado, a deputada federal Lídice da Mata. “Não concordo, mas vou avaliar se eu aceito. Vou conversar com Lídice, conversar com o partido. Acho que não é justo, porque esse negócio de você decidir por partido não é justo. Acho que deveria ser assim: quem é que tá melhor nas pesquisas? quem é que tem história do nosso lado?”, ponderou.

FRUSTRAÇÃO

Mas, o cenário e o próprio jogo pedem calma nessa hora, especialmente porque o PSB já teve uma frustração, em 2018. Lídice, que era senadora, foi excluída da chapa majoritária, tendo que disputar uma vaga na Câmara Federal.

É a angústia de quem questiona o processo, mas reconhece a importância do senador Otto Alencar (PSD) e do vice-governador João Leão (PP), e que já estaria tudo decidido.

“Otto tem um excelente trabalho na CPI, é coerente, está lá votando contra Bolsonaro. Aí vem o PP, o João Leão é trabalhador, tem um perfil forte na política, quer ser candidato a governador, mas todo mundo sabe que na hora da onça beber água o leão vai chegar e dizer: olha eu quero a vice pra fulano e presidência da Assembleia. E eu tenho certeza que Jaques Wagner vai dar, tá decidido, eu não sou menino amarelo”, concluiu o deputado.

Com informações do Bahia Notícias

Compartilhe no WhatsApp

Casa de índio tupinambá é depredada e móveis são queimados em Ilhéus

Previous article

Terrivelmente contra Mendonça no STF a carta de juízes, promotores e defensores

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.