DestaquesGeral

Na pandemia, projeto vetado pelo presidente pode despejar mais de 84 mil famílias

0

Dados da Campanha Despejo Zero (AQUI) mostram que mais de 14 mil famílias foram jogadas no olho da rua entre 1 de março de 2020 a 6 de junho de 2021. Isso em meio à grave crise da pandemia no Brasil.

O Congresso até aprovou o Projeto de Lei 827/2020, que proibia ações de despejo e remoções forçadas em imóveis urbanos, até 31 de dezembro deste ano. Infelizmente, o presidente Jair Bolsonaro vetou (na íntegra), aumentando a insegurança de milhares de brasileiros.

Segundo a Despejo Zero, mais de 84 mil famílias estão ameaçadas por ações judiciais de remoção no Brasil, além de 129 casos sem o número de famílias. Somente no estado de São Paulo, mais de 34 mil famílias podem ir morar na rua.

RESUMO DA ÓPERA – Com desemprego em alta e auxílio emergencial menor, famílias despejadas vão aumentar o número de moradores de rua. Com alimentação adequada e condições de higiene e saúde precárias, tornam-se grande fator risco de contaminação pela Covid-19. Isso em um País com um déficit habitacional de 5,8 milhões de moradias (dados da Fundação João Pinheiro, de 2019).

Com informações da Despejo Zero e do Vermelho

Compartilhe no WhatsApp

Vereador acusado de ‘rachadinha’ e assédio em Ilhéus tem mandato cassado

Previous article

Professor da Uesc escolhido para CNPq mostra a inteligência baiana a serviço do Brasil

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.