A RegiãoDestaquesPolítica

“Disse me disse” entre PT e PSB agita política em Ilhéus

0

A política de Ilhéus está agitada com um certo “disse me disse” envolvendo o PT e PSB, mas precisamente o vice-prefeito Bebeto Galvão, que teria levantado a possibilidade de os petistas entrarem no governo Mário Alexandre (PSD). O presidente do Diretório Municipal petista, professor Ednei Mendonça, reagiu.

“Se alguém falou em nome do PT com o vice-prefeito, não tinha legitimidade para tal. Quem fala em nome do Partido dos Trabalhadores de Ilhéus é este que vos fala, o presidente eleito democraticamente pela maioria dos membros filiados. Se alguém está falando em nome do PT, desconheço e não tem legitimidade para falar”, afirmou.

Ainda de acordo com Mendonça, ele não foi procurado por Bebeto nem pelo prefeito para discutir eventual aliança, que não estaria nos planos do partido. “O PT, na eleição de 2020, estava num projeto oposto ao do prefeito reeleito. De lá pra cá, não mudou nada na posição política do Partido dos Trabalhadores. É tanto que o partido conseguiu construir um bloco de oposição dentro da Câmara [de Vereadores]”.

O líder petista afirmou que o PT é oposição ao governo e não à cidade. “Porque quem mais faz pela cidade de Ilhéus é o governo do Partido dos Trabalhadores, é o governo de Rui Costa. Se não fosse a gestão do PT no Estado da Bahia, 90% do que aconteceu em Ilhéus, que tem o DNA do Governo do Estado, não teria acontecido”, disse cutucando: “O que seria do governo Mário Alexandre se não fosse o governo do estado, liderado pelo PT?”.

Com informações do Pimenta Blog

Compartilhe no WhatsApp

Pais e alunos de Itabuna são orientados sobre matrículas 2021

Previous article

Contrariou o chefe: Pazuello não vê desvio de recursos em estados e municípios

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.