DestaquesMovimentos

De luto, Brasil vai à luta pela vida, auxílio de R$ 600 e outros direitos

0

Um país de luto pela morte de mais de 450 mil brasileiros foi à luta, neste sábado (29), pela vida e por pão, vacina em massa, educação e auxílio emergencial de R$ 600,00.

O ato nacional foi realizado em várias cidades brasileiras, sob a coordenação das centrais sindicais e das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, com apoio da UNE, UBES e os movimentos sociais.

Os manifestantes foram enfáticos nos discursos pedindo a saída do presidente Jair Bolsonaro. “Ele é o principal responsável pelas crises sanitária e econômica que afetam os brasileiros. Não é atoa que a rejeição ao seu governo só cresce. Segundo pesquisa do PoderData [realizada entre segunda (24) e quarta, dia 26], sua reprovação chegou aos 59%”, disse Pascoal Carneiro, presidente da CTB Bahia (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – seção Bahia).

Além da palavra de ordem “Fora Bolsonaro”, o ato defendeu o apoio aos trabalhos da CPI da Covid no Senado e se colocou contra o desemprego, cortes de verbas na educação, privatizações e a “reforma” administrativa.

A Redação

Compartilhe no WhatsApp

Xii, foi reprovado; 65% da população de Itabuna são contra retorno das aulas

Previous article

Ilhéus “amarelou” com manutenção de semáforos pela vida no trânsito

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.