DestaquesGeral

Coronavírus danifica células do cérebro, mostram cientistas

0

Enquanto a população aguarda rapidez e vacinação ampla, vários estudos sobre o coronavírus estão em andamento e mostram as sequelas que ele deixa. Cientistas brasileiros da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Instituto D’Or de Pesquisa descreveram como o Sars-CoV-2 invade as células neuronais e provoca danos ao cérebro.

Segundo os pesquisadores, embora o vírus não se replique dentro dos neurônios, ele provoca resposta inflamatória sistêmica que leva a danos nas células neuronais. Mesmo agindo com infecção no sistema respiratório, ele afeta vários outros órgãos, como os rins, o fígado, os vasos sanguíneos, o coração e o cérebro.

Estudos anteriores já mostraram que metade dos pacientes apresenta sintomas neurológicos, como confusão mental, anosmia (perda de olfato), delírio e risco aumentado de AVC. O trabalho foi submetido na forma de pré-print à Stem Cell Research, uma das revistas científicas mais importantes do mundo.

MEMÓRIA AFETADA

De acordo com a neurocientista Marília Zaluar Guimarães, da UFRJ e do D’Or, uma das autoras do trabalho. “Mas mesmo não mobilizando a maquinaria celular para criar outros vírus, ele provoca um estrago nas células, por meio da produção e liberação de citoquinas. A inflamação enfraquece o sistema imunológico e causa danos neurológicos e psiquiátricos”, explica.

A pesquisadora diz que “essa ‘tempestade de citoquinas’, característica da Covid severa, tem um grande impacto no funcionamento cerebral, prejudicando a memória, a manutenção das atividades neurais, as sinapses, entre muitas outras.”

Com informações da CNN Brasil

Compartilhe no WhatsApp

Na trilha do desenvolvimento, Prefeitura de Itacaré recupera estradas

Previous article

Prepara o braço que Itabuna vai vacinar pessoas 40+ e 45+, gestantes e lactantes

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.