DestaquesGeral

Bahia recorre ao STF para regularizar entrega de vacinas contra Covid-19

0

Através da Procuradoria Geral do Estado (PGE), o governo baiano recorreu, nesta sexta (20), ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a redução no número de vacinas da Covid-19 enviadas pelo Ministério da Saúde.

Na ação, a PGE questiona o não cumprimento adequado e rápido dos novos critérios fixados pelo Ministério, que previam a compensação das vacinas recebidas a menos. O órgão solicita que seja compensada integralmente a defasagem de mais de um milhão de doses recebidas a menos.

Isso fez com que houvesse constantes interrupções da aplicação de vacinas, tanto de 1ª, quanto de 2ª dose, tornando-se um risco para a população. A ação poderá ser analisada, por prevenção, pelo ministro Ricardo Lewandowski.

O governo pede que o STF estabeleça, em liminar, à remessa para o estado do quantitativo necessário de doses para compensar integralmente o déficit de vacinas existente (de 1.005.637), em até 10 dias do recebimento da ordem judicial.

Com informações do governo

Compartilhe no WhatsApp

Navegar é preciso, despoluir o Cachoeira é necessário; projetos serão apresentados

Previous article

Clínicas conveniadas ao Detran aceitarão pagamento no crédito

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.