DestaquesGeral

Vai pedir perdão? Pastor tem dívida de R$ 4,6 milhões em impostos

0

São R$ 4,6 milhões em impostos inscritos como dívida ativa da União, sendo que R$ 1,3 milhão está sendo parcelado. Esse débito é da igreja e editora dirigidas pelo pastor Silas Malafaia e os dados, da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), obtidos pelo UOL por meio da Lei de Acesso à Informação.

Segundo o portal, as dívidas da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo somam R$ 2,89 milhões, referentes a Imposto de Renda e contribuições previdenciárias. É o mesmo tipo cobrado da editora Central Gospel, que também possui R$ 26 mil em débitos da CSLL (Contribuição Social do Lucro Líquido). Em recuperação judicial desde 2019, a editora possui R$ 1,76 milhão em dívida ativa no total.

Coincidência ou não, a CSLL estava no centro de uma mudança na lei que pode criar um perdão bilionário em impostos de dívidas de igrejas, segundo a Receita Federal. Segundo o UOL, o presidente Jair Bolsonaro (sempre apoiado pelo pastor) e a bancada evangélica atuaram para modificar a legislação num movimento contrário às “absurdas multas” contra igrejas.

Malafaia afirmou que parte dos débitos é questionada na Justiça e na Receita, inclusive com base na nova lei que livrou igrejas da CSLL. Um dos argumentos é a nova lei aprovada no Congresso. “Esses meus débitos têm a ver com tributos mesmo que eu tenho que pagar, pedir para renegociar”, explicou.

O importante é que o pastor não “pediu perdão” da dívida e renegociou o débito.

Compartilhe no WhatsApp

Alerta: Ilhéus chega a 447 mortes e Bahia passa de 80% de ocupação de UTIs

Previous article

Sem São João, sem buzu; transporte intermunicipal é suspenso

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.