DestaquesPolítica

Sem perdão, Câmara cassa mandato da deputada e pastora Flordelis

0

Com 437 votos a favor e 7 contra, a Câmara Federal cassou o mandato da deputada Flordelis dos Santos (PSD-RJ). O Conselho de Ética da Casa já havia recomendado a cassação há dois meses. A parlamentar recorreu à CCJ, mas foi derrotada pela unanimidade de 47 votos contra seu recurso e nenhum favorável.

Logo depois da cassação, a prisão preventiva de Flordelis foi pedida à Justiça pelo advogado Ângelo Máximo, que representa a família do pastor Anderson do Carmo, marido da pastora assassinado. A deputada responde na Justiça pela acusação de ser mandante da morte do marido, em junho de 2019.

No plenário, antes da decisão, Flordelis implorou aos deputados: ‘Não me cassem, sou inocente e vão se arrepender”. Mas, depois do resultado, bradou: “Meu mandato foi cassado de forma cruel e covarde. Saio daqui pra lutar pela minha inocência e liberdade. Não cometi crime algum.” Elas declarou ainda que o marido “precisava estar vivo para pagar pelas coisas monstruosas que ele fez.”

O relator Alexandre Leite afirmou que Flordelis não está sendo acusada, na Câmara, se mandou matar ou não seu marido. Mas por outras questões, como uso do prestígio de deputada para induzir o filho assumir o assassinato e depois atuaria em tribunais superiores para livrá-lo de uma condenação.

Flordelis nega sua participação no crime e havia pedido que a Câmara aguardasse seu julgamento na Justiça para decidir sobre o futuro de seu mandato.

Com informações de O Globo

Compartilhe no WhatsApp

Mourão ironiza ausência no desfile e indica que não será vice em 2022

Previous article

Pandemia faz dobrar número de jovens com depressão e ansiedade

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.