DestaquesEconomiaPolítica

Sem acertar os ponteiros, Bolsonaro e empresários brigam por horário de verão

0

Após o presidente Bolsonaro dizer que é contra o horário de verão porque “mexe no relógio biológico”, os donos de bares, restaurantes e negócios turísticos reforçam que querem a volta da prática. Para isso, reuniram estudos que mostram como ajudaria o setor, um dos mais afetados na pandemia.

“Estamos tentando dialogar sem onerar estado. Tem isso desde 1930, e nunca matou ninguém. Teimosia tem de ser contestada com números”, diz Fábio Aguayo, diretor da CNTur, entidade do setor.

O principal argumento é que o horário permite aproveitar a luz do dia por mais tempo, expandindo o horário de happy hours e de parques turísticos. “O que mexe com o comportamento biológico são sequelas da Covid, e não mudança no relógio”, afirma, discordando de Bolsonaro.

Para o empresário, o presidente precisa entender que o setor está falido. “Pronampe e dinheiro que vão liberar não é suficiente. As pessoas não querem viver de esmola de governo. Elas querem ter espaço para trabalhar”, diz.

Presidente da Abrasel, associação de bares e restaurantes, Paulo Solmucci também assinou o pedido enviado ao governo. “Bolsonaro deveria rever sua posição. Tem um fator socioeconômico que é o setor arrebentado. Para nós, faz diferença”, diz.

Com informações do Bocão News

Compartilhe no WhatsApp

Ilhéus tem 243 vagas de empregos oferecidas pelo SineBahia

Previous article

Ilhéus convoca população para vacinação contra a gripe Influenza

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.