DestaquesPolítica

Prisão de Jefferson faz Bolsonaro pedir processos contra ministros do STF

0

Tudo indica que o presidente Jair Bolsonaro vai seguir defendendo absurdos, sempre que forem praticados por aliados. Neste sábado (14), ele afirmou que apresentará ao Senado Federal na próxima semana um pedido de abertura de processos contra os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Coincidentemente, o anúncio do presidente acontece logo após a prisão do seu aliado, o ex-deputado federal e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. A prisão foi decretada por Moraes após pedido da Polícia Federal, por suspeita de dez crimes.

“De há muito, os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, extrapolam com atos os limites constitucionais. Na próxima semana, levarei ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, um pedido para que instaure um processo sobre ambos, de acordo com o art. 52 da Constituição Federal”, postou Bolsonaro, nas redes sociais.

“O povo brasileiro não aceitará passivamente que direitos e garantias fundamentais (art. 5º da CF), como o da liberdade de expressão, continuem a ser violados e punidos com prisões arbitrárias, justamente por quem deveria defendê-los”, prosseguiu.

RESUMO DA ÓPERA – O presidente distorce um artigo da Constituição para considerar, equivocadamente, liberdade de expressão alguém gravar um vídeo armado ameaçando pessoas. Sejam elas contrárias ao voto impresso ou o embaixador da China, maior parceiro comercial do Brasil e um dos grandes responsáveis pelo sucesso do agronegócio brasileiro. Ao apoiar as ações de Roberto Jefferson, mostra não ter noção alguma da diplomacia entre dois países. O presidente que insinua que os ministros extrapolam as leis é o mesmo que constantemente tem ferido a Constituição.

Com informações do BNews

Compartilhe no WhatsApp

Engenheiros da Petrobras denunciam “farra financeira” de acionistas estrangeiros

Previous article

Para desafogar o bolso dos contribuintes, Ilhéus prorroga prazo do Refis

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.