DestaquesGeral

Polícia faz operação em laboratório do guru da cloroquina

0

Depois de denunciado, um dos pioneiros no uso de cloroquina contra a Covid-19 teve seu laboratório como foco de uma operação policial. Trata-se do francês Didier Raoult. A ação aconteceu nesta segunda (14), quando a polícia francesa cumpriu um mandado de busca e apreensão no Institut Hospitalo-Universitaire Mediterrannée Infection (IHU), dirigido pelo cientista

Raoult é suspeito de desviar verba pública em uma parceria do IHU com o Instituto para a Pesquisa e o Desenvolvimento (IRD), segundo a agência francesa anticorrupção. Os policiais apreenderam documentos que servirão para análise da investigação aberta em 2019.

O advogado de Didier Raoult disse que a investigação não tem nada a ver com o seu cliente e que o professor não é investigado pela operação. Segundo o jornal Le Figaro, a investigação preliminar é de “suspeita de conflito de interesse” e “desvio de verba pública”.

De acordo com o site Diário do Centro do Mundo (DCM), o IHU de Didier Raoult teria fraudado resultados científicos para obter financiamento do governo francês por uma esquema de publicação massiva de artigos. Ele cobrou valores exorbitantes para prescrever hidroxicloroquina a doentes da Covid-19.

Há algum tempo que a OMS (Organização Mundial da Saúde) declaru que o tratamento é considerado como ineficaz. Didier Raoult também é alvo de denúncias dos Conselhos de Medicina franceses por charlatanismo.

Com informações do DCM

Compartilhe no WhatsApp

Ex-prefeito de Itabuna, Vane, e esposa vencem a Covid-19

Previous article

Juntos, novamente, ACM Neto e Bolsonaro? Estiveram separados?

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.