DestaquesPolítica

Mentira tem perna curta e dá cadeia; generais defendem prisão de Pazuello

0

Mentir 15 vezes durante depoimentos a CPI da Covid e ir de encontro aos princípios bases do Exército, de honradez e lisura, fez quatro generais defenderem a prisão do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello.

Segundo informações sobre uma reunião do Alto Comando, neste domingo (23), o general desrespeitou o regimento disciplinar que proíbe esse tipo de manifestações aos militares da ativa.

A disposição era a de que ele recebesse voz de prisão, defendida por quatro generais presentes, mas o Diário Oficial comunicou a reforma de Eduardo Pazuello, com data de sexta (21), o que livrou de ser preso, a punição relativa à infração. Mesmo assim, o fato mostra que, ao contrário do que prega o presidente Bolsonaro, o Exército e as Forças Armadas ratificam sua autonomia e não entrariam em aventuras.

Eduardo Pazuello deve ser convocado novamente para depor na CPI, agora como general da reserva. Agora como civil, Pazuello pode sair preso do Senado.

Com informações da Revista Forum e Jornalistas Pela Democracia

Compartilhe no WhatsApp

A primeira vez, ninguém esquece. Não é, Atlético de Alagoinhas?

Previous article

Para turista ver e a população se orgulhar do píer revitalizado em Porto Seguro

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.