A RegiãoDestaques

Itabela e Porto Seguro registram casos de malária após Bahia ficar 3 anos livre

0
Macro photo of biting mosquito

Uma informação da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) alerta as cidades de Itabela e Porto Seguro: após três anos, a Bahia voltou a registrar 35 casos de malária. O sinal vermelho é, justamente, porque ocorreram nos dois município.

Segundo a Sesab, o primeiro registro aconteceu no Assentamento Margarida Alves, em Itabela, após uma pessoa infectada com malária chegar do estado do Amazonas. A comunidade acumula 24 casos da infecção.

Dos 35 casos, 34 aconteceram em Itabela. A Prefeitura informou, na última segunda (5), que as medidas de controle já foram adotadas, com a identificação do mosquito transmissor.

De acordo com a Sesab, a última vez que o estado registrou casos de malária foi em 2018, com 77 casos ao longo de todo o ano. Provocada por protozoários do gênero Plasmodium, a malária é inoculada no corpo humano a partir da picada de mosquitos do gênero Anopheles já infectados. Entre os sintomas estão febre, calafrios, tremores, suor intenso e dores.

Com informações do Bahia Notícias

Compartilhe no WhatsApp

Apoio ao comércio: governo estadual parcela ICMS para lojistas da Liquida Bahia

Previous article

Clima esquentou com presidente do PT apontando desespero de ACM Neto

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.