DestaquesPolítica

Índios cobaias: governo enviou 100 mil pílulas de cloroquina para terras indígenas

0

No mesmo momento em que a Casa Civil celebrou 900 dias do governo exaltando “ações na Amazônia”, o Ministério da Saúde informou à CPI da Covid que distribuiu 100,5 mil comprimidos de cloroquina e hidroxicloroquina aos índios brasileiros, em junho do ano passado. Esse montante fez parte dos mais de 6 milhões desses medicamentos distribuídos entre março de 2020 e abril de 2021, para combater a Covid-19.

Mais uma vez, números oficiais fornecidos pela pasta rebatem declarações do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello. À CPI, ele disse que a cloroquina, que não tem eficácia contra a Covid-19, foi distribuída para indígenas em razão da malária, doença para a qual é indicado o medicamento.

Além de críticas internas, essa política do governo para povos indígenas também é rebatida no mundo. Um telegrama de maio de 2020, do ex-embaixador do Brasil em Israel Paulo Cesar Meira de Vasconcellos, mostra que o então primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu via “risco real” de o presidente Jair Bolsonaro ser investigado pelo Tribunal Penal Internacional por “genocídio de povos indígenas”.

Fica claro que os índios foram usados pelo governo como cobaias do chamado tratamento precoce.

Com informações do Metro1

Compartilhe no WhatsApp

Em novo apelo, Rui pede que população evite aglomerações durante o São João

Previous article

Na trilha do desenvolvimento, Prefeitura de Itacaré recupera estradas

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.