Economia

Gás de cozinha nas alturas: E a Petrobras com isso?

0

O preço do gás de cozinha tem subido absurdamente. Em Itabuna, por exemplo, chega a R$ 90,00. É só imaginar a situação das famílias com o desemprego em alta, auxílio emergencial reduzido para R$ 250,00 (média) e aumento da pobreza. Tem gente que voltou a cozinhar com carvão e lenha.

Mas, qual é o mistério dos aumentos constantes nos preços dos derivados de petróleo? Como explicar reajustes permanentes na gasolina, diesel e gás de cozinha? Todo país produtor de petróleo tem uma empresa que cuida desse chamado “ouro negro”. Aqui, quem comanda produção, refino e distribuição é a Petrobras, que define a política de preços desses produtos no Brasil.

De acordo com o economista e ex-ministro Ciro Gomes, dois fatores explicam os aumentos absurdos dos preços de combustíveis. Primeiro, o atrelamento da política da empresa ao mercado internacional. O custo para a Petrobras produzir o barril de petróleo é de 30 dólares, em média. Mas, ela vende pelo preço internacional, cerca de 130 dólares. A diferença de 100 dólares é distribuída para os acionistas minoritários (entre eles, alguns bancos).

Segundo, o Brasil é, praticamente, autossuficiente em petróleo, mas está com 40% da capacidade parados para refino de óleo diesel, gasolina e gás. Com isso, tem que importar esses produtos dos EUA, em dólar. Com a desvalorização do Real, o resultado é a alta nos preços do combustível para o consumidor e no preço do botijão de gás para as donas de casa.

O caminho, segundo Ciro Gomes, é acabar com a importação de combustíveis (o país tem condições) e com a capacidade ociosa de produção. Isso tem relação direta com o governo que está no poder central.

A Petrobras é a maior empresa brasileira e tem um papel fundamental no desenvolvimento do Brasil, mas precisa ser dirigida observando o seu papel social. Afinal, gás de cozinha é item de primeira necessidade para a grande maioria do povo brasileiro.

Compartilhe no WhatsApp

Santa Casa x Prefeitura: uma novela sem fim

Previous article

Trabalhadores poderão receber mais dinheiro do FGTS

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.