DestaquesGeral

Exame negativo: menos inscritos, negros, pardos e indígenas no Enem

0

Duas marcas preocupantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2021: o menor número de inscritos desde 2007 e a queda expressiva na participação de negros, pardos e indígenas. Isso em comparação com a edição 2020.

O levantamento foi feito pelo Sindicato das Mantenedoras do Ensino Superior (Semesp), a pedido da Globonews e com base nos microdados de inscritos no exame.

Segundo o estudo, em 2020 eram aproximadamente 2,7 milhões de estudantes pardos, neste ano foram 1,3% (redução de 51,7%). Entre pretos (53%) e indígenas (54,8%). Entretanto, a diminuição foi menot entre estudantes brancos: 35,8%.

Na edição de 2020, 63,2% dos estudantes inscritos eram pretos, pardos, amarelos ou indígenas. Neste ano, eles representam uma fatia menor do total: 56,4%. Por outro lado, os estudantes brancos passaram a ter maior representatividade: de 34,7% em 2020 para 41,5% em 2021.

Para a Semesp, representa um retrocesso em relação à inclusão e à diversidade de alunos na educação superior. Isso porque o Enem é a principal porta de entrada para as universidades públicas do Brasil.

Com informações do G1

Compartilhe no WhatsApp

Antecipando “esquenta” de 2022, Wagner e Roma trocam farpas

Previous article

Perda de olfato por Covid precisa ser tratada logo, diz fonoaudióloga

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.