DestaquesPolítica

E foi por justa causa: TSE autoriza desfiliação de Tabata Amaral do PDT

0

Nesta terça (25), a deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) e o movimento Renova Brasil celebraram a decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que autorizou a parlamentar a se desfiliar do PDT.

E foi sob alegação de justa causa, após Tabata ter votado a favor da reforma da Previdência, em 2019, quando o partido havia orientado votação contra a matéria.

Agora, a deputada poderá deixar o partido sem perder o mandato parlamentar. Segundo o jornal Folha de São Paulo, “os sete ministros da corte, seis, incluindo o relator do processo, ministro Sérgio Silveira Banhos, votaram pela procedência do pedido de desfiliação. Só o ministro Edson Fachin votou contra o pleito.”

Isso é que é sair de um jogo sem perder e ver que uma causa ser justa depende muito do ponto de vista de quem alega.

 

Compartilhe no WhatsApp

É 0800 para marisqueiras de Ilhéus a capacitação da Bahia Pesca

Previous article

“Filhinho 02 do papai ” quer brincar de espião com dinheiro público

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.