DestaquesPolítica

“DEMbandada” de lideranças dá dor de cabeça em ACM Neto

0

A eleição para a Presidência da Câmara Federal, em fevereiro desse ano, continua dando dor de cabeça ao presidente nacional da legenda, ACM Neto. Os problema começaram durante o pleito. O ex-prefeito de Salvador liberou os deputados da sigla para apoio Baleia Rossi (MDB-SP), candidato de Rodrigo Maia (DEM), ou Arthur Lira (PP-AL), aliado de Bolsonaro.

Após o episódio, Maia e Neto passaram a trocar “farpas” pelas redes sociais e pela imprensa. Em maio, o ex-presidente da Câmara se desfilou do DEM. Tempos depois, vários políticos tomaram o mesmo caminho. Nos bastidores, especula-se que o nome de destaque do DEM atual, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, também poderia deixar a legenda. Mas, o parlamentar garantiu a ACM Neto que não vai procurar outra legenda para se filiar.

Entretanto, a turbulência parece que vai continuar. O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, que ainda não saiu oficialmente do DEM, deve ir para o PSD. E o presidente do PSD, Gilberto Kassab anda “paquerando” Pacheco. Segundo a colunista Bela Megale, Kassab trabalha para lançar Pacheco como um candidato do centro na disputa presidencial em 2022.

Com olho em 2022, o desafio do ex-prefeito de Salvador, e presidente nacional do partido, é conter essa “DEMbandada” para evitar estragos maiores.

Com informações de A Tarde

Compartilhe no WhatsApp

Tudo tri com o Tricolor: faz 3, leva 3 e dorme em terceiro no Brasileirão

Previous article

Vitímas de Covid-19, ex-prefeito Vane e esposa são internados em Itabuna

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.