DestaquesPolítica

Datena pode disputar 2022 no ex-PSL de Bolsonaro, partido de vários escânadalos

0

Sempre crítico da política brasileira, mesmo tendo suavizado o tom contra o governo de Jair Bolsonaro em boa parte da gestão, o apresentador José Luiz Datena pode disputar as eleições presidenciais de 2022.

Para isso, se filiou ao PSL na última segunda (28), deixando o MDB, ao qual se filiara em 2020. Segundo a coluna Radar, da revista Veja, tudo foi acertado em um jantar na cidade de São Paulo.

Para o deputado federal Junior Bozzella (PSL-SP), Datena chega para ocupar espaço na “terceira via” na disputa polarizada entre Lula e Bolsonaro. “Datena não é apenas um personagem. Ele chega ao partido para estar nas pesquisas presidenciais. É um projeto de grupo, de País, de pessoas”, afirmou Bozzella.

O presidente nacional do PSL, deputado Luciano Bivar (PE), disse ao colunista Igor Gadelha, do Metrópoles, que Datena será candidato em 2022. “Isso é indiscutível. Acho que a presidente da República é o foco”, afirmou.

ESCÂNDALOS

Datena faz um discurso contra muitas práticas políticas, mas se filia a um partido envolvido em vários escândalos. É só lembrar o caso das supostas candidatas femininas “laranjas” do PSL em Minas, no pleito de 2018. O então ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foi denunciado, mas o presidente Bolsonaro o manteve no cargo.

Segundo a Folha de S.Paulo, o PSL nacional ainda usou verba que recebeu dos cofres públicos para contratar uma advogada exclusivamente para o o caso: a advogada Fernanda Lage Martins da Costa, que recebeu R$ 340 mil.

O próprio Bozzella, ex-aliado do presidente Jair Bolsonaro, afirmou que o Palácio do Planalto distribuiu R$ 92 milhões dentro do PSL, em dezembro do ano passado, em troca de apoio político.

Compartilhe no WhatsApp

Planos devem R$ 2,9 bilhões ao SUS, valor de 58 milhões de doses de vacina

Previous article

Quem é bom de garfo não perde o Festival Raízes de Porto Seguro

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.