DestaquesMovimentosPolítica

Congresso promulga piso salarial de agentes comunitários de saúde

0

O Congresso Nacional promulgou, na tarde desta quinta (5), a emenda à Constituição que firma um piso de dois salários mínimos, atualmente em R$ 2.424, para agentes comunitários de saúde e de combate a endemias. Após tramitar no Congresso por 11 anos, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) foi aprovada no Senado sem alterações em relação ao texto que havia sido aprovado na Câmara e seguiu, por fim, à promulgação.

A solenidade de promulgação foi acompanhada por um grande grupo de representantes da categoria. Pelo texto promulgado, os vencimentos dos agentes serão pagos pela União e os valores para pagamento estarão previstos no Orçamento com dotação própria e específica.

Esses profissionais terão ainda adicional de insalubridade e aposentadoria especial devido aos riscos inerentes às funções desempenhadas e determina que estados, Distrito Federal e municípios devem estabelecer outras vantagens, como incentivos, auxílios, gratificações e indenizações a fim de valorizar o trabalho.

AUXILIARES DO ESTADO

“É fundamental que o Estado brasileiro consiga manter esses profissionais em seus postos de trabalho, recebendo vencimentos justos e condizentes com a importância vital de suas atribuições”, disse o presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco.

O parlamentar lembrou a importância dos profissionais como auxiliares do Estado no cuidado mais eficiente da saúde, na ponta. “Além disso, é de conhecimento de todos que os investimentos em atendimento primário à saúde propiciam economia ao orçamento público, na medida em que reduzem gastos com tratamento de doenças evitáveis”.

com informações da Agência Brasil

Compartilhe no WhatsApp

Prefeitura de Ilhéus e IFBA iniciam curso de Microempreendedor Individual

Previous article

Ela voa alto: passagem aérea deve subir com ou sem bagagem gratuita

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.