A RegiãoDestaques

Câmara de Vereadores debate ritmo da vacinação em Itabuna

0

Com média de cinco mil imunizantes a cada sete dias, a vacinação em Itabuna foi foco de debate, nesta quinta (10), da sessão especial na Câmara Municipal, solicitada pelo vereador Solon Pinheiro (Solidariedade). Quem mostrou o cenário da imunização na cidade foi a secretária municipal de Saúde, Dra. Lívia Mendes. “Se não voltarmos a receber centenas, e não milhares de vacinas, podemos ficar numa situação confortável nos próximos meses sim. Até o final do ano, acredito que com 60% de vacinados”, afirmou a médica.

Com relação a continuarem altas as internações apesar da vacinação, a secretária destacou a importância de os cuidados serem mantidos. “Porque os idosos foram imunizados, mas os números mostram pessoas muito mais jovens sendo entubadas no hospital de campanha”, ponderou.

Quanto a perspectiva para volta da imunização em grávidas e puérperas, Lívia Mendes disse que tais mães formam o público exclusivo para receber as primeiras 480 doses da Pfizer enviadas. Para controle da rede pública, serão atendidas as cadastradas para pré-natal pelo Sus.

A gestora afirmou que, até quarta, 60.670 doses tinham sido recebidas para a primeira dose. Do total, 32.240 para completar a imunização. Apenas naquele Dia Mundial da Imunização, 9 de junho, foram 3.704 pessoas atendidas no município.

PEDEM PRIORIDADE

Presentes na sessão, advogados pleitearam a inclusão dos serventuários da Justiça no grupo prioritário de vacinação. A secretária comprometeu-se a levar a reivindicação à Comissão Intergestores Bipartite.

Com informações da Câmara Municipal

Compartilhe no WhatsApp

Isso não é brincadeira: trabalho infantil aumenta pela primeira vez em 20 anos

Previous article

“Tira e bota” máscara de Bolsonaro e ministro é mais risco; especialistas criticam

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.