DestaquesPolítica

Blogueiro pró-Bolsonaro recebeu dinheiro e queria derrubar governadores

0

O relatório parcial da Polícia Federal (PF) enviado à Procuradoria Geral da República (PRG), sobre o inquérito que investiga os atos antidemocráticos no Brasil, mostra que o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos pedia a derrubada de prefeitos e governadores que se opõem ao presidente Bolsonaro.

A PF encontrou um bilhete na casa do blogueiro que confirma a tese: “Objetivo: materializar a ira popular contra os governadores/prefeitos; fim intermediário: saiam às ruas; fim último: derrubar os governadores/prefeitos”, diz o bilhete.

Segundo a investigação, no ano passado o blogueiro enviou mensagens ao tenente-coronel Mauro Cesar Cid, ajudante de ordens de Bolsonaro, na tentativa de provocar o rompimento institucional com os atos antidemocráticos. “As FFAA [Forças Armadas] precisam entrar urgentemente”, escreveu Allan, à época.

DINHEIRO DE SERVIDORES

O relatório da PF aponta ainda que o blogueiro recebeu dinheiro de servidores públicos federais. Foi apreendida uma planilha com valores repassados por servidores ao canal Terça Livre, de Allan. Uma das transferências é de R$ 70 mil, feita por uma funcionária do BNDES a um sócio do blogueiro.

Entre abril e maio de 2020, durante os atos antidemocráticos, foram 650 repasses para Allan, sem identificação do CPF do doador. “A quantidade de doações, o valor repassado por servidores públicos, a forma do repasse […] indica a necessidade de compreender os fatos e circunstâncias”, diz o relatório da PF, que também identificou uma articulação de bolsonaristas para evitar que um sócio do blogueiro fosse convocado para depor na CPI das Fake News.

Com informações e fotos do G1 e Bahia Notícias

Compartilhe no WhatsApp

Teixeira com 100% dos leitos de UTI ocupados para Covid-19

Previous article

URGENTE! Datena diz que Renato Gaúcho foi contactado pela CBF

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.