DestaquesGeral

Bahia faz 2 a 1, quebra invencibilidade do Athletico-PR e entra no G4

0

Com uma boa atuação, o Bahia venceu Athletico-PR por 2 a 1, quebrando a invencibilidade do Furacão no Brasileirão. De quebra, o Esquadrão ainda entrou no G4.

O jogo foi marcado por duas expulsões da equipe de Curitiba, possibilitando o Tricolor jogar com um a mais desde os 12 minutos do 1º tempo e dois a mais a partir dos 42′ da etapa final.

Logo aos 16 do primeiro tempo, o Bahia abriu o placar. Rossi cobrou escanteio e Patrick de Lucca cabeceou no canto esquerdo de Santos. O Furacão empatou aos 39, após David Terans receber na área, tirar de Luiz Otávio e finalizar no canto esquerdo de Matheus Teixeira.

Com as alterações de Dado Cavalcanti, o time ficou mais ofensivo. Óscar Ruiz, que entrou no lugar de Maycon Douglas, fez boa jogada e cruzou na área. Gilberto brigou pela bola e Juninho tocou nela e sobrou para Rossi, que aproveitou e, de cabeça, sacramentou a virada. Nino Paraíba ainda fez o terceiro, mas foi marcado impedimento.

O Bahia volta a campo no domingo (27), contra o Palmeiras, às 20h, no Allianz Park, em São Paulo.

FICHA TÉCNICA
Bahia x Athletico (Campeonato Brasileiro – 6ª rodada)
Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 23/06/2021 (quinta-feira), horário: 21h30
Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI)
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga e Márcio Iglésias Araújo Silva (ambos do PI)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Cartões amarelos: Thonny Anderson e Daniel (Bahia) / Erick (Athletico-PR)
Cartões vermelhos: Richard e Marcinho (Athletico-PR)

Bahia – Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Germán Conti (Luiz Otávio), Juninho e Juninho Capixaba; Patrick, Daniel e Thonny Anderson (Gilberto); Rossi, Maycon Douglas (Óscar Ruiz) e Rodriguinho. Técnico: Dado Cavalcanti.

Athletico – Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Zé Ivaldo (Léo Cittadini); Marcinho, Richard, Christian (Erick) e Abner; David Terans (Fernando Canesin), Vitinho (Jadson) e Renato Kayzer. Técnico: António Oliveira.

Com informações do Bahia Notícias / foto: Felipe Oliveira/Bahia

Compartilhe no WhatsApp

É de fachada a empresa que receberia R$ 222 milhões pela Covaxin, avaliam senadores

Previous article

Parceria do bem: Cufa e Prefeitura doam cestas básicas para mães de Itacaré

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.