DestaquesGeral

São R$ 3 milhões para 60 projetos no Edital da Década Afrodescendente

0

Com investimento de R$ 3 milhões, o governo estadual, através da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), abriu prazo de inscrições de projetos no Edital da Década Afrodescendente. Lançado em sintonia com as estratégias para o enfrentamento da pandemia de Covid-19, terá a chamada pública no site da Sepromi (AQUI).

Os recursos são apontados pelo Estatuto da Igualdade Racial e de Combate à Intolerância Religiosa, com previsão de contemplar até 60 projetos com valor máximo de R$ 50 mil. O objetivo é selecionar propostas voltadas à prevenção e enfrentamento aos efeitos do coronavírus e que promovam sustentabilidade e geração de renda para a população negra e segmentos dos povos e comunidades tradicionais.

Serão selecionados projetos nas seguintes modalidades: Práticas Empreendedoras Solidárias, visando apoiar segmentos como baianas de acarajé, cadeias produtivas de licores, derivados da mandioca, dentre outras dos segmentos tradicionais; Tecnologias de Venda e Escoamento, com o objetivo de estimular a produção de tecnologias convencionais e sociais, criando redes de comercialização no contexto de isolamento social; além de Assessoria Técnica e Distribuição de Insumos, com apoio às práticas de produção de alimentos para subsistência dos segmentos tradicionais, através do estimulo ao plantio, aquisição e distribuição de insumos.

Os interessados devem formaliza as propostas até o dia 12 de setembro, exclusivamente por organizações da sociedade civil, através do e-mail: proposta.edital2021@sepromi.ba.gov.br.

Com informações da Sepromi

Compartilhe no WhatsApp

Isso é da sua conta: FGTS dividirá lucro com os trabalhadores

Previous article

Senado pode mudar reforma trabalhista aprovada pela Câmara

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.