DestaquesEconomia

Povo em “estado de choque”: taxa extra da conta de luz deve subir 60%

0

Como se não bastasse pandemia, desemprego e crescimento da pobreza, a população brasileira volta a ficar em “estado de choque”. Isso porque o valor cobrado da bandeira vermelha 2 deve subir mais de 60%, segundo fontes que conhecem o assunto e ouvidas pelo jornal O GLOBO.

O jornal havia antecipado que Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) iria aumentar os valores das bandeiras tarifárias. A taxa extra é acionada quando o custo da geração de energia sobe, hoje por causa da crise nos reservatórios das hidrelétricas.

Segundo a Aneel, os custos estão sendo calculados e os novos valores devem ser anunciados neste mês, para valer a partir de julho. Hoje, é cobrado R$ 1,34 a cada cem quilowatts-hora (kWh) consumidos na bandeira amarela; R$ 4,16 na bandeira vermelha 1; e R$ 6,24 na vermelha 2. Na bandeira verde não há cobrança adicional. Pelos cálculos conduzidos pela Agência, o novo valor da bandeira vermelha 2 deve ficar em R$ 10.

De acordo com a Aneel, essa bandeira deve vigorar pelo menos até novembro, quando tem início o período úmido. Geralmente, recorre-se às térmicas quando chove menos ou no auge do período seco. Se com a Eletrobras sendo pública, a situação é de mais “choque” para a população, é de se imaginar como será se ela, realmente, for privatizada como quer o governo.

Compartilhe no WhatsApp

Mesmo sem festa, Itabuna tem decoração para o São João

Previous article

Coronavírus não vai “pegar a pista” com transporte intermunicipal suspenso à meia-noite

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.