DestaquesEconomia

Pix passará a ter limite de R$ 1 mil no período noturno

0

Para tentar evitar os golpes e fraudes com o uso do Pix, o Banco Central (BC) anunciou, nessa sexta (27), mudanças para aprimorar a segurança do sistema de pagamento. Elas se tornarão efetivas em algumas semanas, até que as instituições financeiras se adaptem.

Em breve, o Pix passará a ter um limite de transação de R$ 1 mil entre 20h e 6h para pessoas físicas e Microempreendedores Individuais (MEIs). Essa medida também vale para transferências entre contas do mesmo banco, cartões de débito e liquidação de TEDs. “Mas, se o cliente desejar um limite maior, deverá fazer o pedido de alteração”, explica o diretor de Organização do Sistema Financeiro e Resolução do BC, João Manoel Pinho de Mello.

Segundo o gestor, o limite não deve prejudicar os usuários. “Ao impor R$ 1 mil, nós protegemos o patrimônio dos usuários, desincentivamos os criminosos e não prejudicamos a usabilidade do Pix para a enorme maioria das pessoas”, disse, informando que as instituições terão prazo entre 24 e 48 horas para efetivar o pedido.

Bancos e instituições financeiras deverão ofereçer a possibildade de escolha de limites de transação para o dia e para a noite. Terão ainda que possibilitar aos clientes cadastrarem previamente contas que poderão receber o Pix acima dos limites estabelecidos previamente.

Com informações de O Globo

Compartilhe no WhatsApp

28 de agosto: dia dedicado aos bancários e bancárias

Previous article

Brasil da pandemia ganha 42 novos bilionários, mostra revista Forbes

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.