DestaquesPolítica

Para desespero da concorrência, Lula admite que vai disputar a Presidência

0

Pela primeira vez, após conquistar seus direitos políticos, o ex-presidente Lula admitiu que será candidato nas eleições presidenciais de 2022. O petista fez a declaração durante entrevista ao jornal francês Paris Match. “Serei candidato contra o Bolsonaro. Se estou na melhor posição para ganhar as eleições presidenciais e gozo de boa saúde, sim, não hesitarei”, enfatizou.

Provavelmente, a motivação vem da sua compreensão sobre o papel que ainda joga nos cenários brasileiro e mundial, além da boa performance nas pesquisas: aparece em primeiro lugar em todos os levantamentos até o momento, depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) anulou os processos do petista na operação Lava Jato.

Lula mostra confiança. “Acho que fui um bom presidente. Criei laços fortes com a Europa, América do Sul, África, Estados Unidos, China, Rússia. No meu mandato, o Brasil tornou-se um importante ator no cenário mundial, notadamente criando pontes entre a América do Sul, África e os países árabes, com o objetivo de estabelecer e fortalecer uma relação Sul-Sul”, ponderou.

A declaração de Lula põe os concorrentes com as “barbas de molho”. Tem até um dos seus adversários demonstrado certo desespero. “O que eles não sabiam é que estou pronto para lutar até o último suspiro para provar que se uniram para me impedir de ir às eleições”, argumentou.

Com informações da Carta Capital

Compartilhe no WhatsApp

Agentes de saúde e combate às endemias de Ilhéus conquistam piso nacional

Previous article

É bom avisar a Anvisa: Sputnik V produzida no Brasil será exportada para a América Latina

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.