DestaquesGeral

Na terra mãe do Brasil, homicídios de mulheres e feminicídios cresceram em 2020

0

Local que carrega o símbolo de terra mãe do Brasil, a Bahia tem sido, também, espaço de grande violência contra as mulheres. Especialmente nesse momento de pandemia, quando elas ficaram mais expostas à violência doméstica.

É o que confirma Anuário da Violência 2020, divulgado nesta quinta (15) pelo Fórum Brasileiro de Segurança. Na Bahia, 553 mulheres perderam a vida, sendo 440 por homicídio (contra 339 no ano anterior) e outros 113 tipificados feminicídio, crime no qual o gênero tem fator principal (frente a 101 no ano anterior).

Mais triste ainda é constatar que a Bahia liderou o ranking nacional de 2020 quanto a homícios de mulheres, superando São Paulo, que registrou 424. Segundo ainda o Anuário, em quantidade absoluta de feminicídios, o estado ocupa o terceiro lugar, só atrás de São Paulo (179) e Minas Gerais (148).

Em 2020 no Brasil, cerca de 1.350 mulheres perderam a vida pela ação violenta de seus companheiros. O levantamento descreve ainda as tentativas de feminicídio, com a Bahia registrando 135.

Compartilhe no WhatsApp

Vacas e cavalos planam em aeroporto que virou pasto no sul da Bahia

Previous article

Professores decidem sobre retorno às aulas nesta sexta, às 10h

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.