DestaquesEconomia

Botijão de gás já chega perto dos R$ 150,00 na Bahia

0

A população baiana começa o mês de agosto pagando entre R$ 6 e R$ 8 a mais no botijão de gás de 13 kg, segundo o Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado da Bahia (Sinrevgas). A entidade informou que o reajuste atende à nova mudança no preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) anunciada pela Acelen, gestora da Refinaria Mataripe, que elevou o derivado em 8,2%.

Se for considerado o incremento máximo de R$ 8,00 anunciado pelo Sinrevgas, algumas praças da Bahia podem ver o preço do produto chegar perto de R$ 150,00. É o caso de Barreiras, no Oeste. Após um levantamento feito pela reportagem, o gás por lá pode chegar a R$ 142,00 a partir de segundafeira (01), assim como em Serrinha, no Nordeste baiano. Em Ilhéus, o botijão será comprado por R$ 132,00, enquanto os consumidores de Feira de Santana, Vitória da Conquista e Juazeiro abastecerão suas cozinhas por valores entre R$ 110,00 e R$ 121,00. Já na capital, Salvador, a média de preços deve ficar em R$ 125,00.

Este é o quinto reajuste realizado nos valores do gás de cozinha padrão só neste ano. O último foi feito precisamente um mês atrás, quando as distribuidoras começaram a reajustar os botijões entre R$ 5,00 e R$ 7,00 para o consumidor a partir de 01 de julho.

A Acelen diz o reajuste se deve seus reajustes seguem “critérios técnicos” e acompanham as movimentações internacionais de mercado; ainda de acordo com a Acelen, a formação dos preços dos derivados de petróleo leva em conta o Preço de Paridade de Importação (PPI), conjunto de variáveis que envolvem o preço do petróleo cru e a flutuação do câmbio, além das margens de lucro das revendedoras.

com informações do Tribuna da Bahia

Compartilhe no WhatsApp

Pessoas mais pobres têm doenças crônicas 10 anos mais cedo, diz estudo

Previous article

Embasa abre inscrições para concurso com 930 vagas no estado

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.