DestaquesPolítica

Câmara rejeita voto impresso e mostra que Bolsonaro não lidera suas bases

0

O desfile militar não intimidou o plenário da Câmara dos Deputados, que rejeitou, nesta terça (10), a PEC do voto impresso. Defendida pelo presidente Bolsonaro e de autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF), a matéria teve 218 votos contra, 229 votos a favor e uma abstenção. Mas, eram necessários 308 votos favoráveis.

A votação representa mais uma derrota para Bolsonaro, que tenta reverter a perda de popularidade fazendo ameaças à realização das eleições de 2022, e acusando o sistema eletrônico sem apresentar provas de que houve fraudes, desde que foi implantado em 1996.

RESUMO DA ÓPERA – Essa votação na Câmara dá sinais de que o governo não dirige sua base, muito menos a respeita. Lançar uma proposta dessa natureza como uma aposta importante, e não ter apoio de quem lhe apoia, mostra um presidente sem liderança política. Pelo estilo, Bolsonaro deve seguir criando falsas polêmicas para ganhar seus apoiadores, mas vai perdendo apoio popular e parlamentar.

Com informações do UOL

Compartilhe no WhatsApp

Ministério da Educação divulga lista de aprovados no Sisu

Previous article

Parando para acertar, ANTT reduz tarifas dos pedágios da ViaBahia

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.